Me constranja com teu amor Yeshua
Á
Átrio dos Gentios
Removendo a poeira secular
     
 
"Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a
sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os" 

                                                                                                        Rm 2, 15
 
     
 
Fomos chamados a ouvir a Palavra, também fomos chamados a compartilhá-La e a fazer bom uso
dEla em nossas vidas, fomos chamados a cumpri-La e não negá-la. Uma coisa é certa, não
recebemos dEla autoridade para julgá-La nem para julgar o que se dispõe a ouví-la.

Julgamento: cumprimento e negação da Palavra 

A Bíblia, a Palavra de D´us, tem a capacidade de transformar nossas vidas, transformar-nos em...
Hipócritas. Mas antes que os detratores, sejam da Bíblia, sejam dos que buscam segui-la, se
encorajem a gostar deste texto, deve-se lembrar que a hipocrisia é a honra que o vício presta à
virtude.

Hipocrisia é melhor que cinismo e perversidade.

Alguns temas, uns emergentes, outros nem tanto, se é que há algo novo debaixo do sol, estão
constrangendo a igreja ou mesmo tomando gosto de algo antigo e amargo, como o desprezo e o
ódio, que se manifestam em palavras assertivas, com seus ares de verdades eternas, apoiada em
interpretações pobres, para não dizer burras.

Fomos chamados para julgar? Certamente que não...

Fomos chamados a contextualizar? Certamente que não, também!

Bom, e destes temas “emergentes”, que faremos nós?

Você pode perguntar, quais são estes temas? Por serem óbvios, não serão registrados aqui, pois
tornariam este texto também óbvio, ou melhor, reduziriam este texto ao exato limite destes temas.
E não queremos falar sobre isso, queremos falar sobre julgar ou contextualizar.

Temos como escapar desta armadinha?

Com um pouco de inteligência, mas, sobretudo, com abundante amor, sim, sim e sim! Podemos
deixar a mediocridade e avançar mais um pequeno passo em direção a Mashiach.

Quem deve julgar é a Palavra de D´us para que esta produza seus frutos.

Vamos colocar nestes termos... Se você faz uma interpretação correta da Palavra, aqueles que a
recebem serão julgados por esta, serão honrados ou condenados pela Palavra, isto não está em
você.

De outra forma, se você, por constrangimento (contexto) faz uma interpretação complacente, você
está "honrando" aquele que, em erro, ouve.

Se você, por impiedade, faz uma interpretação dura, você está condenando àquele que, em erro
ou ignorância, ouve.

Assim, devemos nos comportar sob o mesmo peso de condenação da Palavra e nos fiar na
mesma esperança de salvação da Palavra, ou seja, devemos agir no conhecimento, no
arrependimento e, em tudo, no temor de D´us.

Não adianta alargar as portas para que todos ouçam se não ouvirão aquilo que produz
arrependimento, estas são as igrejas contábeis.

Também não resolve o discurso virulento, daqueles que buscam mais de si mesmo, buscando sua
própria onipresença, enquanto ocultam seus próprios vícios.

O que deve prevalecer é a Palavra, jamais ser anulada, jamais servir aos nossos próprios
propósitos.

É olhar para Ela, não só os trechos que gostamos, para as partes que nos interessam, para
aqueles ensinamentos e ordenanças que nunca tivemos dificuldade em observar, aos quais somos
bons para instruir.

Devemos procurar as passagens que não gostamos, aquelas que são feias, duras e secas e dizer,
“se é assim, assim será”, o conhecido e requerido amém.

Marcos Mingra
 
    
   
Todos os Direitos Reservados
É permitida a reprodução do conteúdo deste "site" desde que citada a fonte.
Pede-se, ainda, enviar informações sobre esta citação ao Átrio pelo e-mail: acesso.atrio@gmail.com.
  • cartier bracelet replica
  • cartier love bracelet replica
  • cartier love ring replica
  • cartier love bracelet replica
  • cartier love bracelet replica
  • christian louboutin outlet online
  • christian louboutin outlet online
  • christian louboutin replica
  • christian louboutin replica
  • christian louboutin outlet online
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica