Me constranja com teu amor Yeshua
Á
Átrio dos Gentios
Removendo a poeira secular
     
 
"... levarei sobre vós  as vossas iniquidades quarenta anos, e conhecereis meu
afastamento"
                                                                                                     
                                                                                                        Nm 14, 34
 
     
 
O Deus árido

É dito com certa assertividade (e está escrito) que Deus deve ser louvado. Seus feitos e sua
grandeza anunciados. Nada contrário será dito aqui.

Mas um de seus louvores é negado. Deus é o único deus árido. Não há outro. Outros deuses
metem, matam e enganam, mas árido, só Ele. Uma morte sem morte, muito pelo contrário, onde
tudo morre, se renasce.

A história de Israel, sua saída do Egito, sua travessia e a conquista da terra prometida são um
importante símbolo sobre salvação pessoal.

Na saída e na chegada, seus atributos de Poder e soberania são manifestos, conhecido e
declarados continuamente.

Mas a aridez de sua conduta no deserto, não  (ou raramente).

Se atentarmos para o interstício dos textos, teremos muito mais tempo sem Deus do que com
Deus.

O deserto é um poderoso símbolo de abandono controlado. De recursos mínimos onde apenas o
necessário e ofertado. Todo o resto é negado.

Deus falou ao filhos de Abraão no deserto, sim, mas nunca pareceu ser suficiente. A insatisfação
sempre foi a marca do deserto.

Em nossas próprias vidas, o que temos? Alguns momentos marcante e outros muitos, maçantes.

Estamos ansiosos pelo paraíso e a manifestação perfeita do Poder de Deus e o que temos?
Nossas necessidades atendidas em um vida que não parece nada além de uma rotina
exasperante. A incerteza de que o maná chegará amanhã.

Confiar em Deus, portanto, nem é uma questão de confiar em sua existência ou em seu poder
mas, sobretudo, em suas intenções.

Confiar não é ter o gozo das bênçãos caindo do céu nem de grandes comoções da alma, no
arrependimento. É manter a fé quando tudo, absolutamente tudo, é vazio e árido. É quando não se
houve a Voz, é quando as coisas não andam como queremos, é quando tudo parece ser um
desastre em câmera lenta, um andar sôfrego e dor crônica.

Tudo que se pode fazer é controlar as perdas, nesta ausência de retorno nas orações, neste andar
“por conta própria”. Ou seja, tomar decisões baseadas na Palavra e na Ética, sofrer os danos
(semeados) e não gerar outros. Não se afastar em demasia da rota do deserto e suportar esta
situação por muitos dias.

Os deuses não têm esta estratégia, eles precisam sempre fornecer algo, se não, não existem, não
se sustentam. Estes podem dar algo, podem fazer estardalhaço, mas não podem ser seguidos
sem nada em troca.

Só quando aceitamos de fato o deserto e Seu Deus é que podemos seguir neste.

E nesta lacuna de deuses e de Deus que podemos perder a sanidade, podemos escolher outros
deuses que nos tirem do deserto, ou simplesmente podemos continuar seguindo uma ordem que
vai se tornando cada dia mais seca e bruta e aparentemente sem sentido. Nisto, um elo de
confiança se estabelece e se fortalece, este é o sentido da confiança e da coragem.

Nesta condição é que perdemos os deuses e Deus, ali sozinho, nos despedimos da multidão de
conselhos, isto é, se de fato tomamos o silêncio do deserto, porque se não, tomaremos nosso
próprio rumo, para qualquer direção, vazios e solitários que estaremos.

Enfim... Muitos dias de poucas coisas, este é o sentido da vida, até que tudo seja revelado e
compreendido, para aqueles que atravessaram todo o deserto.
Marcos Mingra
 
    
   
Todos os Direitos Reservados
É permitida a reprodução do conteúdo deste "site" desde que citada a fonte.
Pede-se, ainda, enviar informações sobre esta citação ao Átrio pelo e-mail: acesso.atrio@gmail.com.
  • cartier bracelet replica
  • cartier love bracelet replica
  • cartier love ring replica
  • cartier love bracelet replica
  • cartier love bracelet replica
  • christian louboutin outlet online
  • christian louboutin outlet online
  • christian louboutin replica
  • christian louboutin replica
  • christian louboutin outlet online
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica